Qual o tamanho do seu prato?

 

Comer muito não é saudável.

 

Quem faz isso de forma exagerada pode estar com um distúrbio chamado “Distúrbio da fome”.

 

Se mesmo depois de saciar a sua fome você continua com vontade de continuar comendo, fique atento.


As pessoas e a comida têm relação de sobrevivência, prazer e associações emocionais desde o momento em que nascem.

 

É preciso estar atento à alguns sinais para detectar um possível quadro de compulsão alimentar. 

 

Entre eles:

 

  • Comer muitas vezes ao dia e sem seguir rotina;

 

  • Consumir alimentos escondidos de outras pessoas, com sentimento de culpa;

 

  • Ter a sensação de estar “muito pesado” após as refeições;

 

  • Mastigar e engolir muito rápido, sem se atentar da necessidade de comer com mais calma;

 

É muito importante estar atento à essas questões, porque infelizmente a compulsão alimentar pode desencadear várias outras doenças e transtornos. Como depressão, ansiedade e obesidade.

 

A notícia boa é que assim como todas os demais transtornos, possui tratamentos super eficazes.

 

Fuja das tentativas de tentar resolver isso sozinho, seja consultando a internet ou, muito menos, tomando medicamento sem indicação de um médico.

 

O ideal é, ao identificar ou suspeitar de tais comportamentos, é procurar um profissional especializado em te ajudar. Procure um médico que certamente ele projetará um tratamento adequado.

 

Alimentação regular e atividades físicas fazem parte do pacote que auxilia no combate a esse distúrbio.

 


Pratique Atividade Física Sempre
 
Equipe Foco e Saúde